mercredi 28 janvier 2009

Manha




Sempre fica um vazio

O lugar marcado no cantinho

Congela tudo como frio

Ah se pudesse preencher o localzinho...


2 commentaires:

Rogerio Martins a dit…

Curioso...

Letícia a dit…

Ah que dorzinha deu esse poeminha! Mas é fogo, né? Saudade dói.
Beijos!